Som afro electro acústico

 

Saí do fecho eufórica por estreado fechar no horário e cansada de ter fechado sozinha metade de um jornal em Angola e fui direto pra um show da cena hype de Luanda que aconteceria no Chá de Caxinde. Tá, confesso que estava um pouco cheia de preconceitos, achando que eu ia parar num programa meio vila madalena demais.

O Chá de Chaxinde é um teatro gracioso e pequenino da época colonial. Só de ir lá já vale o programa. Mas impressionante mesmo foi o show da banda Next, que estava fazendo sua primeira apresentação naquela formação e gravando um DVD. Os caras fazem um som afro electro acústico, segundo a definição deles mesmos. É lindo, apaziguador, inquietante, emocionante, sincero, carregado de emoções do passado, combinado com referências urbanas finas, guitarras, violões, uma percussão de leve e umas batidas eletrônicas. O vocalista canta sem excessos e usa muitas referências da poesia, música e política de um mundo africano que eu nem sempre consegui pescar, mas que falaram muito intimamente com os outros que estavam ali. Vou arrumar um jeito de colocar o som deles aqui no blog e fotos do lugar.

Depois que acabou o show, descobri um pouco da história da Next. Aqui em Angola há uma fundação poderosa de arte contemporânea, tocada por um artista luso angolano fodaço chamado Fernando Alvin. Ele organizou, entre outras coisas, a primeira Trienal de Luanda e o pavilhão africano da Bienal de Veneza há uns dois ou três anos. A história da fundação vai ganhar outro post inteirinho, aguardem. Essa fundação acolheu em residência artística durante 6 meses, 5 músicos da banda NIRS, que adotaram o Fernando e a Marita, uma arquiteta angolana que viveu no Brasil e agora tb toca baixo, pra formar a Next. Na segunda-feira vou lá na fundação ver o ensaio da banda e fazer algumas perguntas pra fazer uma matéria para o Happy Hour. E tb vou procurar fazer mais programas da cena hype de Luanda.

Uma resposta to “Som afro electro acústico”

  1. Nuno Martinho Says:

    Aproveitando a oportunidade que a ju da para os comentarios e pela unidade universal,quero a qui agradecer, a toda equipe que trabalhou, para que o show do dia 13, de Novembro ,de 2008, no cinema Nacional acontese-se.
    O show da banda Next, no chá de caxinde, marcou um momento ja mas visto, na historia da musica angolana.
    Agradeceria que os interessados, dirijisem-se ao programa
    * Tecla có migo * mandando um imail para nunotchindje@hotmail.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: