O lugar do nosso provável reveillon

Ufa. Abaixaram o som do mundo. Depois de um sábado barulhento  (mas que terminou divertido), meu domingo foi silencioso. E delicioso.

Fomos até a barra do rio Kwanza, o rio mais importante de Angola, que deságua a cerca de 1h30 de Luanda. Estacionamos o carro e andamos até uma faixa de areia que de um lado tem o rio, todo calmo, e do outro, o mar, todo furioso. O único barulho do dia foi o do vento a bater no guarda sol e o mar a quebrar na areia.  Passamos lá a tarde toda, dormindo no sol e na sombra, nadando, falando bobagem, bebendo umas birras. Depois fomos até o outro lado do rio, onde um casal de gringos tem uns chalés incríveis  para alugar que ainda estão disponíveis para o reveillon. Eba! Fizemos um pouco de yoga na praia até o sol se por e depois ficamos tomando vinho sulafricano num terraço delicioso, até o jantar delicioso ficar pronto, debaixo das estrelas.

Luanda é uma cidade caótica e confusa, mas, assim como São Paulo, é cheia de lugares nos arredores que recarregam as baterias e tornam a vida mais leve.

Ah, nesses momentos felizes, a saudade do Marido, que já é enorme, aumenta ainda mais.

Anúncios

Tags: , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: