Depósito de navios

O que fazer quando um gigantesco navio torna-se velho e sua carcaça não comporta remendos e aí ele precisa ser jogado fora? Eu nunca tinha pensado nessa questão até ir à praia de Santiago, ao Norte de Luanda.

Não dá para simplesmente carregá-lo com um guindaste e jogá-lo o lixão. Talvez dê para desmembrá-lo em várias partes e reutilizar o que é possível. Mas aí acho que ainda sobram partes grandes o suficiente para impedir que vá para um lixão. Talvez exista um lugar no oceano que sirva de cemitério e que os navios são ali depositados. Talvez eles fiquem depositados décadas em estaleiros abandonados em cidades degradadas. Sei lá.

Em Luanda, quando um navio gigantesco fica velho, ele é abandonado à deriva num certo lugar do mar. Simples assim. Deixa-se ele ali e a natureza que se encarrega de levá-lo onde for melhor. A força da correnteza leva muitos deles até essa praia chamada Santiago. Há muitos deles repousando, enferrujando e se deteriorando há anos semi enterrados na areia. O resultado é esse aí embaixo.

navio1

navio4

navio2

navio5

navio6

Tags: , , , ,

4 Respostas to “Depósito de navios”

  1. Gabriel Borges Says:

    é um problema ambiental, mas que é uma linda imagem isso é… tem mais fotos?

  2. gutierrez Says:

    Fica bonito, né?

  3. matheus Says:

    Eu naõ~ gostei muito mais a te gue serve

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: