Sem tecla sap

Andamos meio aleatoriamente pelo centro de Xi’an passeando com as pernas e com os olhos e com os agasalhos e cachecóis por ruas lindas cheias de árvores (parecia Buenos Aires), construções e monumntos milenares, prédios moderníssimos, mercados de antiguidades e um monte de shopping centers.

Fomos parar num mausoléu lindo de um imperador e logo ao lado dele ficava o History Museum. Mesmo sem o Lonely Planet nos dizer, chegamos lá bem na hora da distribuição gratuita de ingressos. Ainda bem que foi gratuita. O museu era lindo e interessante, mas todas as placas eram assim:

history-museum

Aí não deu pra entender muita coisa sobre a história de Xi’an, umas das cidades mais antigas e preservadas da China e ponto de partida da Rota da Seda. O que eu entendi foi mais ou menos o seguinte: a China é um lugar que fundiu muitas origens, culturas, povos e saberes diferentes desde muito tempo atrás. Vi cerâmica de tudo o que era jeito, vi templos budistas, mais terracotas, esculturas de bronze maravilhosas, umas coisas estampadas com caras de peruana, joias, armas, camelos, budas, dragões, uma grande miscelânea de coisas.

museu1 museu2 museu3 museu5

Tags: , , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: