Você já matou um leão para o almoço hoje?

Uma das coisas que mais deixam as pessoas frustradas quando eu conto sobre como foi viver em Luanda  é na hora que eu digo que eu morava numa cidade de 6 milhõe de habitantes, que eu ia pro trabalho de carro, no fim do dia ia jantar fora ou ia pra um bar e que no fim de semana eu ia para a praia. Aaaah, que coisa mais… normal…. diziam as bocas ou as expressões das pessoas. Você morou na África. E os leões, as girafas, os mutilados, os famintos, as caçadas, os rituais tribais, as mulheres com rostos e corpos pintados entoando cantos religiosos que hipnotizam as pessoas, as serpentes venenosas e as doenças tropicais? Não tem nada disso? Ter até tem em alguns lugares. Como no Brasil também tem essas coisas em alguns lugares (tá, leão e girafa não tem, só no zoológico).

As pessoas não sabem nada da África e o que sabem geralmente são essas imagens bizarras. E aí vai um cidadão que morou lá, que viveu tudo aquilo, que andou pra todo canto, que fez  um monte de amigos, que entendeu um pouco como as coisas funcionavam e, quando volta para o Brasil, o jornal em que ele trabalha la em Alagoas faz uma matéria assim….

… com mulheres de peito de fora pintada e com cara de que entoam cantos tribais que hipnotizam as pessoas. Meu Deus, que coisa equivocada. Ainda vale fazer menção especial à palavra “exubertante”, que sempre acompanha tudo relacionado à África. Como se metrópole, congestionamento, musseque, candonga, mercados a céu aberto, pessoas indo e vindo trabalhar, bares a beira mar, restaurantes, jornais, lojas, telemóveis, etc etc etc etc fossem exuberantes. Ai, ai, viu.

Tags: , , , , , ,

4 Respostas to “Você já matou um leão para o almoço hoje?”

  1. f. Says:

    Ju, sem querer defender o indefensável cidadão das barbas brancas…. mas eu também fotografei Mumuílas com o peito de fora em Angola. Não em Luanda, claro, mas no Lubango tá cheio delas.

    Agora pára e pensa: se você fosse um editor que nunca esteve na África e lhe chegassem às mãos umas fotos de uma cidade grande na África e outra de mulheres de uma tribo que ainda vivem os costumes tradicionais, com o peito de fora e o rosto colorido. Qual você publicava?

    Bjs

    • juborges Says:

      F. Eu sei que ninguém sabe nada lá daquele lugar que a gente foi parar e que é automático colocar mumuílas em vez de uma metrópole. Mas eu fico possessa toda vez que isso acontece. Ainda mais sabendo que o cidadão morou lá. Ele podia ter dado seu palpite pra não fortalecer mais uma vez uma ideia tão errada, né? bj

  2. Hilcelia Falcão Says:

    ai, ai mesmo, ju. só tem gente doida na face da terra. hilcelia

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: