Eu e eu

Sair de casa de vestido e biquini por baixo, num dia de sol, e chegar, sem nenhuma pressa, até o clube. Colocar a mão naquele negócio que lê quem é quem e passar por aquela aguinha parada. Procurar uma cadeira no meio daquela gente toda, desviar das pessoas conhecidas, a menos que seja meu pai ou a madrasta. Chuveiro, depois piscina, depois vestir os óculos e nadar, apenas nadar, sem contar ou cronometrar, até cansar. Depois um outro chuveiro e deitar de costas para o sol sem dizer nada, só ficar olhando aquelas pessoas iguais, escutando a gritaria boa das crianças e uns pedaços desencontrados de conversas alheias. As conversas começam a ficar distantes, depois elas somem e aí eu sei que eu to a dormir. Levantar, ir até o bar da piscina ou do tênis tomar um suco de melancia e umas coisas refrescantes de comer. Depois pegar o bloquinho e fazer um desenho ou uma anotação. E depois, voltar para casa com a mesma despressa da ida. Sem falar nenhuma palavra. E em paz.

Esse é um programa que eu sempre gostei de fazer. E esse domingo de ressaca foi bem isso que eu fiz. E foi bom. E eu fiquei feliz porque achei que parece que eu to começando a reaprender a ficar sozinha.

Na verdade, eu sempre achei que eu suficientemente bem resolvida para saber e gostar de ficar sozinha. Só que eu achava isso e sempre tinha um namorado do meu lado. Aí é fácil, né? Agora que a situação não é mais assim eu comecei a sofrer com isso. Em muitos momentos, dá aperto no coração, dá solidão, faz lágrimas escorrerem. Sinto falta de dormir de conchinha, de acordar sem pressa no fim de semana e ficar horas tomando o café da manhã e depois ficar discutindo que lava a louça, de ligar para contar como foi meu dia, de sair a toa pela rua para achar um lugar para almoçar, de ficar sem fazer nada juntos, de ter essa sensação boa de como é bom estar ao lado da pessoa que a gente ama e de muitas outras coisas.

Mas acho que to começando a aprender. E a curtir. E agora vou nessa porque aluguei dois filmes do Jean Rouch e to louca pra assistir. Tchau.

eu e eu

Tags: , , , , , ,

5 Respostas to “Eu e eu”

  1. Patricia Lenz Cesar Says:

    Ju, amei seu blog!! E amei tambem sua companhia ontem na pizza!
    Arrumei uma roomate pra voce. Me liga? 7725-9887. eu nao consigo achar seu numero! Beijos!!

  2. Menina de Angola Says:

    menina, curta muito essa fase de curtir a solidão. è muit bom se curtir e fazer as nossas coisas no nosso ritmo…

    beijos

  3. aef Says:

    ai, ai… tô morrendo de vontade de fazer o mesmo, mas não dá…:-(

  4. samara Says:

    Aproveita muito jú… ficar só com a gente também faz muito bem. Beijocas.

  5. Alexandre Correia Says:

    Olá Ju!

    Costuma-se dizer que “mais vale só que mal acompanhado”. Experimente ler o maravilhoso texto de Wilkiam Sheakspeare publicado no blog “Filosofia Mundana” (www.santanalemos.blogspot.com). Acho que vai adorar e vai sentir-se iluminada.

    Um beijo,

    Alex

    PS – Às vezes faz bem chorar. E os homens também choram…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: