Bodes e elefantes

Uma noite fria e tumultuada dentro da cabeça vai desembocar num show de música alta, nova, contemporânea e emocionante no museu da imagem e do som. Chego lá atropelada pelos meus pensamentos, que depois são atropelados por todo aquele barulho organizado e eu fico sem saber direito se mais alto é o som que é feito no palco ou o ritmo frenético e nada suave das rotações do meu cérebro.

Suave e frenético. Smooth and Rave.

15 minutos, 52 minutos, 1 téra, 2HDs, 1D90, 1EX1, 1EX3, 200 mil, 745 reais, 3 cidades. Uma equação tão difícil quanto simples de resolver. O caos organizado completamente desorganizado. Um alguém que pensa em forma de equações traduzidas em obras de arte e que se faz entender, mas que é tão difícil de compreender e de estar.

Estar é complexo.

Estar só é complexo. Mas necessário. Estar junto é complexo. Mas é bom.

Tags: , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: