Quem sou eu

Juliana Borges
jornalista
mulherzinha
perguntadeira
itinerante

julianabor@gmail.com
twitter @julianabor

currículo

portfolio

flickr

38 Respostas to “Quem sou eu”

  1. Nara Says:

    E como faço pra, quem sabe, trabalhar como jornalista por aí também?

  2. Geraldo Moura Says:

    Olá moça, que bom que você continua “perguntadora” como sempre. Torço pra que tudo dê certo nessa segunda empreitada em Angola. Felicidades.

  3. Raquel Brust Says:

    oi ju, que maravilha!
    aventura de viver
    inclua na lista um “fotógrafa”
    segue mais intensamente na captura dessas cenas… teus sentimentos em relação a esse mundo e ao que tu está vivendo

    gente forte
    como tu
    bjssss

  4. Karol Says:

    Ei Ju! Que coisa louca, uma experiência e tanto hein! Vou acompanhar seu blog, preciso tirar um tempo e ler tudo com calma. Quando quiser passe no Pagú também.
    Sucesso! Beijos,
    karol

  5. Luiza Esteves Says:

    Ninguém segura essa pequena mulher. Inquieta e Curiosa! Você vai rodar o mundo… Energia é que não te falta, não é?

  6. Aline Says:

    Oie Juliana…tudo bem??
    Olha só..vi q vc foi ver o ensaio da banda Next em Angola..
    vc tem alguma fotinhu deles??
    O q vc achou do ensaio??

    Fico no aguardo de respostas..
    Obrigado..
    Bjuxxx

  7. juborges Says:

    Aline, eu tenho, sim, algumas fotos deles. Mas pra que vc queria, exatamente?
    bjs

  8. Aurelio Mattos Says:

    Vc trabalha para alguma veículo de comunicação do Brasil?

  9. Gabriel Borges Says:

    Ju! não sou jornalista, na verdade sou Diretor de Arte, trabalho em Moçambique, pelo que lí no seu blog, aqui as coisas são melhores, mais pobres, bom muito mais pobres, mas é bom saber que não sou o único perdido na África, estou acompanhando seu blog, bjs

  10. juborges Says:

    Gabriel, já te adicionei no meu blog roll. Passarei a acompanhar um pouco da vida em Maputo. 🙂

  11. marcia Says:

    nossa jú !!!!!!!! sou sua fã incondicional, tu é mil menina e caiu do céu para me ajudar a encontrar meu marido que está em luanda, trabalhando pela odebrecht,por favor marq uma hora e entre no msn para eu lhe explicar tudo,

    mil bjsssss e que deus lhe abencçõe e proteja todos so dias de sua vida…

    marcia valentim.

  12. Carla Says:

    Adoro ler o blog especialmente pelos pormenores com que descreves Luanda. Encontrei-o apenas porque a minha irmã foi trabalhar para Luanda há cerca de 1 mês atrás e procuro saber detalhes do sitio e da gente daí.
    Um grande beijinho

  13. Cristiana Says:

    olá! encontrei o teu blog, na pesquisa do google como “mulher viver sozinha em Luanda”, sou portuguesa e estou indo para Luanda trabalhar, e gostaria de saber,como é para uma mulher viver sozinha em Luanda..:S e pequeno truques ou dicas para me ajudarem, nesta minha nova aventura:)
    cristianacalcada@gmail.com

  14. gilson ferreira Says:

    ola pessoal no comment for the moment.

  15. vania Says:

    olá…
    sou brasileira e queria conhecer angola…só alguns dias ms to perdidaça…será q pode me dar uma dica de agencia de viagens, hotel, etc???…
    valeu…
    bjoksss

  16. Paula Says:

    Muito legal o teu blog. Sou brasileira e estou pesquisando literatura angolana no mestrado. Como não existem intercâmbios entre estudantes de pós-graduação entre Brasil e Angola, estou pensando em fazer as malas e passar uns 10 dias pelas bandas daí, por conta própria. Você poderia me dar uns toques?A única coisa que sei,e que muito me assusta, é que o custo de vida é altíssimo!Beijo e sorte!

    • juborges Says:

      Paula, em 2005 eu fiz isso. Arrumei as malas e vim pra ca por conta própria. O custo de vida aqui é altíssimo mesmo. Vc teria que arrumar um lugar para ficar hospedada, pois uma diária de hotel aquinão sai por menos de 200 dólares. E também tem a questão do transporte, que é meio difícil aqui. Mas quando eu vir por minha conta, andava a pé por todo o canto e mei virava com umas caronas. boa sorte!

  17. Eduardo Migliano Says:

    Olá Ju,

    Meu nome é Eduardo e gostaria de saber se existe a possibilidaede de trocarmos umas idéias a respeito do seu blog. Você poderia por favor mandar um e-mail para mim através do migliano.eduardo@gmail.com com o seu e-mail, e então conversarmos a respeito do seu trabalho online. É uma idéia diferenciada, onde os seus posts fariam parte de uma coletânea em que 7 pessoas espalhadas pelo mundo retratariam como estão vivendo e trabalhando em diferentes partes do mundo.

    Fico no seu aguardo.
    Atenciosamente,
    Eduardo

  18. ricardo Says:

    oi moça td bem, fikei sabendo pelo blog q vc estara em bangkok agora em abril…. estou indo viajar p la tb, pego um festival eletronico fullmoon dia 8…. bora p lá!!!!
    bjao, adorei seu blog!

  19. Juliana Says:

    Oi Juliana, parabéns pelo seu blog, gostei muito e com certeza visitarei sempre.
    Um abraço.

  20. Nuno Says:

    Oi Ju, finalmente descobri o teu blog. Vou ler atentamente tds os posts pq adorava conhecer Angola.
    Obrigado por acompanhares a minha experiencia em Moçambique

    Um beijo,
    NR

  21. Marcos Ferreira Says:

    Parabéns pelo blog, Ju. Uma boa leitura que já salvei nos meus Favoritos. Tenho orgulho de ter estudado contigo na ECA.
    Sds,
    Marcos

  22. juborges Says:

    Ei, Marcos, obrigada!!!!! Fiquei feliz em saber. bj

  23. Nuno Martinho Says:

    OOOii ju, demorou mas finalmente consegui, te achar.
    Não tenho certeza à data, mas penso que a banda vai para São Paulo e nos veremos.bjs

  24. Tato Says:

    Oi Ju, tudo bem?
    Nossa, muito bom ter notícias tuas.
    bjão e boa sorte por ai.

  25. Thiago R. Silva Says:

    Olá Juliana, Te parabenizo pelo blog.. Sensacional !!!
    Terias algumas dicas sobre Luanda ?
    A questão é, recebi uma proposta irrecusável de emprego para Luanda… Porém, deixaria familiares e a pessoa que eu amo no Brasil… Aliás, o que me desespera muito… Terias dicas de custo de vida, bons lugares para se morar, sair, vida noturna e afins ? Na verdade estou curioso sobre tudo…
    Mais uma vez parabéns e mil perdões pela “encheção de saco”…

    Obrigado !!

    • juborges Says:

      Tiago,
      ir morar fora do seu país é uma decisão difícil, que implica em algumas renúncias. Mas, se vc for de coração aberto, é uma experiência transformadora. Pelo menos é assim que eu vejo.

  26. Alexandre Correia Says:

    Olá Ju!

    Descobri seu blog e gostei muito do que escreve. Parabéns. Também sou jornalista. Edito a revista TODO TERRENO, em Portugal (seguem umas dezenas de exemplares de cada edição para Luanda…) e desde 1984 que viajo em Angola. Acabei há pouco de fazer mais uma dessas viagens, subindo desde Luanda ao Soyo, depois voando até Cabinda, para no regresso ter feito escalas em N’Zeto, M’Banza Congo, Uíge, Kalandula, Cabuta, Muxima e Sumbe. Não fui entrevistar ninguém, muito menos gente chata. Fui apenas fazer mais uma grande reportagem e descobrir mais uns pedaços desse país enorme que é Angola. Convido-a a seguir nas minhas viagens através do blog asviagensdealex.blogspot.com; espero que aprecie e aguardo um comentário, ficando a promessa que vou voltar a encontrá-la aqui.

    Alexandre Correia

    • juborges Says:

      Oi, Alexandre! Nossa, que incrível essa viagem. Estou ansiosa para entrar la no seu blog e ler tudo! Ja adicionei aos meus favoritos! bj

  27. Julian Saramago Says:

    Ola Ju –

    Ja faz algum tempo tenho vindo a acompanhar o seu blog e tudo que esta ligado ao seu blog. Mas eu estou um pouco curioso? Que e que voce e os que aqui vem frequentemente acharam do discurso de Obama em Accra? Eu acompanhei atraves da CNN e gostava de saber a vossa perspectiva. Eu sou um dos Estrategistas do novo comando dos EUA, US Africa Command (AFRICOM), e gostaria de saber as vossas perspectivas do que ele falou – foi bem recebido pelo povo em geral, por aqueles que estao no poder, e pela juventude?! Se pudesem ajudar, escrevam aqui ou directamente para o meu email. Obrigado, e continue sempre com forca – este blog serve-me como uma grande fonte de inspiracao. Julian

  28. mariana bergel Says:

    Oi Juliana, tudo bem? Quem me passou teu contato foi o Sapo (Adriano Pena). Estou fazendo uma matéria pra Folhinha sobre como são as escolas ao redor do mundo e preciso descolar uma criança na África (brasileira ou não), entre 6 e 12 anos, para contar a realidade daí. Fecho ainda nesta semana, então é meio urgente… vc acha que pode me ajudar? Ah, bom demais teu blog! bj e obrigada, mari

  29. surama caggiano Says:

    Olá Ju, tudo bem?
    Estou realizando uma grande exposição em homenagem a mulher africana no TU MERCADO DE ARTE maio 2010 aqui em São Paulo, no meu blog http://www.artesurama.blogspot.com tem um pedacinho deste trabalho, gostaria muito de te convidar para estar lá no dia da abertura que será no sábado dia 29 de maio, posso te enviar um convite assim que este estiver pronto?

    Ficarei feliz com a sua presença.

    Abraços

    Surama Caggiano

  30. francisco Says:

    Oi Ju,
    Responi ao eu texto q falava sobre luanda. nao tinha certeza eras tu. Q bm saber q esta aqui… a um cliq de distancia.
    Abraco de Francisco Inacio

  31. João Says:

    Mulherzinha hã? Te quero!

  32. jussara Says:

    aaaaaaaaaaaaaaaa meu deus olha q

  33. jussara Says:

    obrigada meu nome e jussara

  34. Walter Ramos França Says:

    Olhando “por acaso” seu blog gostei de tudo! Sua maneira de descrever com humor as coisas me cativou! Deve ser boa jornalista! Agora mulherzinha? Olhando assim pela retaguarda coberta como vc se apresenta dá para imaginar! Amplei sua foto, vc já fêz isso? …ôh mulherzinha boa, sexy, maravilhosa e não vou mais imaginar! Gostei muito de tudo…bjo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: