Posts Tagged ‘Tailândia’

Os protestos em Bangkok que eu vi sem querer

14/04/2009

Fui parar meio que sem querer na Tailandia. Queria encontrar minha irma que mora na Australia em algum pais da Asia e a pasasgem para Bangkok era barata para as duas. Fui parar totalmente sem querer no ano novo tailandes, que aqui dura tres dias e comecou ontem, dia 13/4, quando as pessoas todas vao para a rua e passam o dia e a noite festejando e jogando baldes ou garragas ou copos ou arminhas de agua nas outras pessoas e passando um barro nas caras e nas roupas das outras.  No meio do ano novo tailandes, fui  parar mais totalmente sem querer ainda no meio de uns protestos para tentar derrubar o premier Abhisit Vejjajiva. (para saber o que esta acontecendo na tailandia clique aqui.)

Tudo aconteceu mais ou menos assim: com biquini por baixo da roupa e maquina fotografica pequenina dentro de um saco plastico, saimos para ver, conhecer, levar banhos de agua e lama e fotografar esse tal ano novo. Afinal, quem ta na Tailandia e pra se molhar. Pela primeira vez eu via tailandeses (e nao europeus) na rua e achava que tudo estava dentro de seu devido lugar.

Andavamos meio sem destino e ai comecamos a ver um monte de homens do exercito marchando por uma avenida que tinha uma das pistas fechadas. Eu, toda inocentemente, achei que era um desfile militar para comemorar o ano novo. Mas percebi quando nao era bem isso quandono ceu bem na minha frente apareceu uma fumacona bem preta e as pessoas na rua comecaram a correr na direcao oposta e a falar muito nervosamente coisas que eu obviamente nao entendi. Vi que as pessoas de vermelho (da Frente Unida por Democracia contra Ditadura, UDD) estavam queimando dois onibus numa praca e os militares estavam indo para cima. Os de vermelho revidavam e arrmessavam tudo o que e tipo de objetos para cima dos militares. Eu queria ir mais pra frente e minha irma queria ir mais pra tras.

Fomos um pouco mais pra frente e eu tentei perguntar para algumas pessoas o que estava acontecendo, mas elas todas me respondiam em tailandes. Ai encontrei um cara com cara de gringo, o unico por la alem de nos, e ele me explicou tudo. Ele era metade americano e metade tailandes e me contou tudo isso que a BBC ja contou pra vcs se vcs leram o link.

No dia anterior, os vermelhos da UDD ja haviam tomado a train station e as pessoas na rua comecaram a ficar meio apreensivas. Por causa do clima tenso, as festas tiveram que acabar mais cedo, as pessoas comecaram a voltar para casa tristes por essa confusao toda estar acotencendo bem num momento tao divertido e importante no calendario tailandes e os comerciantes ficaram bem nervosos porque essa confusao bem no meio do ano novo estava arruinando os seus lucros.

A noitinha, as fumacas negras dos onibus incendiados ainda estavam marcando o ceu laranja e quente. Quando a noite caiu, as carcacas do onibus estavam la sozinhas cheirando queimado naquela praca agora triste a vazia do centro de Bangkok.

Feliz ano novo!

13/04/2009

Hj e ano novo na tailandia e as pessoas na ruas andam jogando baldes de agua nas outras e umas coisas gosmentas.

O maior problema da Tailanida e que por onde quer que vc olhe so enxerga europeus loiros, torrados pelo sol, com grandes mochilas, todos identicos. Acho que nem na Europa tem tanto europeu como na tailandia.

Eu to com saudade do meu computador. Ja nao sei mais escrever em bloquinho.

Amanha voamos para o Vietna, onde ficaremos 5 dias.

Tonsei ou tansei beach

10/04/2009

Meio sem querer fomos parar numa das praias mais incrveis que eu ja fui na vida. E olha que eu ja fui em mtas praias incriveis na vida. Depois de 12 horas num onibus com assentos tamanho miniatura, cortinhas todas vermelhas bordadas e um monte de europeus bem loirinhos dentro, descemos na rodoviaria de krabi sem ter a menor ideia de onde ir. Fiquei bisbilhotando a conversa alheia de europeus que compraram e leram todo o Lonely Planet, peguei um taxi para Aonan e depois um barco para Tonsei (ou Tansei, nao sei) beach.

La tem umas montanhas de pedras altissimas todas esculpidas pelas aguas infiltradas que ficam pingando a todo tempo, bandos de macaos barulhentos, cigarras e sapos que gritam tao alto que ate esconde o barulho do gerador, que so funciona das 18h as 3h. Nao tem nenhum carro na rua e tem um monte de bangalos bem simples pra dormir dentro e um monte de restaurante simpatico com comida tailandesa deliciosa e spicy.

Da para alugar um caiaque e remar por duas ou quatro horas para praias vizinhas e entrar dentro de cavernas com o caiaque. Da para pegar um barco e visitar umas ilhas com outras montanhas de pedras altissimas e com formatos estranhos e umas arvores enormes.

O mar e bem azul e perto das pedras e bem verde e a mare no meio da tarde comeca a descer muitos metros e ai a praia fica com uns dez metros de rochas aparentes, o que da um ar meio de fim de mundo.

E era a noite de lua cheia num dos dias entao a noite parecia dia e o mar brilhava muito e dava para andar sem lanterna.

Passamos dias otimos e relaxantes em Tonsei. Agora continuamos sem saber o que vamos fazer e qual pais vamos visitar. Mas acho que o Vietna sera cancelado por falta de tempo e ficaremos mais uns dias na Tailandia e depois iremos para o Laos. Ou talvez Camboja. Ou talvez ate voltemos atras em relacao ao Vietna. Ai, ai, continuo na versao Juliana 2009 planejamento zero.

A viagem esta otima. Mas meu coracao ta apertadinho de vontade de voltar pra casa e de medo de todos os fantasmas que me esperam por aquelas terras brasileiras.

O segundo ano novo do ano

06/04/2009

Aterrisei em Bangkok sem saber direito que vai acabar o ano taildandes e comecar o proximo.  Sem querr, vim parar no periodo mais festeiro do pais. Eu tava mesmo precisando de um ano novo, pois nesse que comecou ja aconteceu tanta coisa que ja ta na hora de acabar.

Bangkok para minha irma, que vive na linda, loura e desenvolvida Perth, na Austrlia, foi um choque cultural. Para mim, que vim de Angola, Africa do Sul, Hong Kong e China, mudaram as letras do alfabetos e os cheiros das ruas, mas tudo parece familiar.

To a sentir saudade do meu computador, que ficou la na china. Agora tenho que blogar do cyber cafe, snif snif. Amanha vamos para praias paradisiacas no sul do pais e depois iremos para cambodja e vietnan. Ainda nao sabemos onde o ano vai virar. So sei que tirarei uns dias de ferias desses computadores de cyber caf e fofocarei por muitas e muitas horas com minha irma. see you later.

Roteiro de viagem

24/03/2009

Eu acho que voltei a conseguir planejar minha vida para um horizonte maior do que 2 dias. Olhem só que orgulho!

Saio de Shenzen amanhã. Pego o trem até Guangzhou, que é uma cidade gigantesca de onde sai um outro trem que demora 26 horas pra chegar em Xi’an. Xi’an fica no noroeste da China, é uma das cidades mais antigas e culturalmente preservadas do país. Tem o exército de terracotas, templos, coisas histórias e uma montanha bem alta, uma das mais importantes da China. Essa parte eu faço com a C.

Depois ela vai embora porque arrumou um emprego (bem no dia que eu cheguei a mulher ligou, eita). E aí eu vou sozinha conhecer Pequim. Daí não sei mto bem quantos dias eu fico e nem se paro em outra cidade ainda.

No dia 6 ou 7 de abril eu pego um vôo de Hong Kong pra Bangkok, Tailândia. Lá vou encontrar minha irmã, eba! Daremos um giro pela Taildândia, Vietnã e Cambodja.

Ei, Candongueiro, me aguarde: quem sabe até o fim da viagem eu consigo organizar um google maps todo bonitinho?