Posts Tagged ‘viagem’

Uma viagem com outra viagem

21/08/2010

Foram 15 dias quase ininterruptos de lágrimas, uma espécie de funeral antecipado. Um enterro de uma vida que já não me cabia mais, mas que, até então, vinha sendo minha vida. E era boa a vida, por isso foi complexo e doloroso fácil me livrar dela.

Foi assim que, quase dois anos atrás, eu coloquei umas roupas, uns remédios e uns livros na mala e fui para Angola trabalhar, viver, me divertir, conhecer, me apaixonar, me transformar, me desconstruir.

Não foi fácil viver essa vida com dois chips que não conseguiam conversar. Era um eterno e doído cabo de guerra interno. E é em horas como essas que acontecem os rompimentos. Rompimentos de pessoas, de chips, de vidas passadas e presentes, de comportamentos, de sentimentos. O rompimento é difícil, pois somos acostumados aos padrões.

Mas depois dos rompimentos há as reconciliações. Elas podem demorar a aparecer, mas uma hora elas vêm e fazem os oceanos diminuírem, os opostos serem relativizados, as arestas serem aparadas.

***

E agora chega a hora de uma nova viagem, uma viagem importante, para esse mesmo lugar que eu fui depois do funeral antecipado, mas agora com um projeto que nasceu da minha própria cabeça e cresceu com minhas próprias mãos.

As lágrimas não existem, nem o funeral, nem a terapia, nem eu acho que vou ter que escolher entre uma coisa e o seu contrário, pois, dessa vez, me parece que está mais fácil conversar com todas essas julianas opostas que habitam meu coração.

Hoje, sinto que há apenas esse nervosismo bom que antecede uma partida e o cansaço de uma vida que anda agitada: o mudo infectado, a moto amarela circulando pelos ônibus e avenidas e fumaças da cidade, as pessoas novas, projetos virando gente grande, o retorno de saturno, o inferno astral.

E aí o melhor jeito que eu encontrei para me preparar para essa viagem foi fazendo uma outra viagenzinha lá para aquela ilha que tem cheiro de casa. Porque eu acho mais fácil de desligar me religando com a natureza, e lá na ilha dá para fazer isso.

Tentarei ficar um pouco quieta, concentrando as energias que dentro em breve serão ativadas com força máxima na cidade mais suave e frenética que eu conheço.

Anúncios

Texturas de uma viagem

10/11/2009

textura1

textura2

textura3

textura6

textura7

Incapaz

11/07/2009

Hoje saí de casa para ir comprar um Nextel. Fui convencida de que o custo benefício de um nextel, no meu caso, é melhor do que ter um celular das outras operadoras. Mas aí saí da loja sem o raio do telefone. O motivo? O vendedor me falou que eu teria que assinar um contrato de um ano e que, se rescindisse antes disso, teria que pagar uma multa que começa em 700 reais e depois vai decrescendo.

Pode parecer idiota, mas eu me senti totalmente incapaz de assumir um compromisso de ter de ficar no mínimo um ano em São Paulo. Simplesmente não consegui, travei.

Ai, meu santo deus, na próxima encarnação eu quero nascer com uma mente mais equilibrada e/ou com os planetas dispostos de um jeito mais harmônico no meu mapa astral. Ninguém merece tanto conflito numa única cabecinha.

O ultimo destino e a longa volta

15/04/2009

Nossa, nem acredito que estou escrevendo isso. Hoje parto, de trem, para meu ultimo destino antes da minha tortuosa volta ao Brasil.
Saio de Hanoi e vou para Sapa, uma regiao montanhosa e bucolica bem no norte do Vietna. Fico dois dias la.

Depois, o trajeto (todo ja comprado!), e o seguinte: Hanoi – Bangkok – Hong Kong (mais2 dias com minha amiga C.!) – Johanesburgo – Sao Paulo. Haja paciencia.

Sao Paulo. La as pessoas falam minha lingua, comem minha comida, escrevem nas minhas letras, falam coisas que eu entendo, fazem gestos que eu faco, beijam e abracam e escutam musicas que eu conheco. Apesar de todos os transformacoes, adaptacoes, finalizacoes e recomecos que eu tenho pela frente e que tenho mesmo certeza de que nao serao nada faceis, nao vejo a hora de chegar em casa.

On the road

10/02/2009

Fim de semana feliz de Luanda para Benguela. Foi engraçado arrumar a mala sem mala em Luanda. Peguei todas as minhas roupas, coloquei na mochila e fui pra estrada.

on-the-road-012

on-the-road-022

on-the-road-032

on-the-road-05

on-the-road-06

Viagem

18/12/2008

Lobito
Benguela
Huila
Deserto do Namibe
Serra da Leba
Quedas de Kalandula
Lubango
Parque da Kissama
Huambo
Kuito

Como tem lugar nesse país para conhecer, ver, andar, conduzir, nadar, mergulhar, subir, descer.
Bem que no fim do ano, tempo em que as pessoas geralmente descansam, passeiam e confraternizam, poderia sobrar um tempinho para uma viagem. Viagem?