Posts Tagged ‘Vietnã’

Fotos enquanto espero

21/04/2009

Já dormi, já acordei, já arrumei a mala e ainda é de manhã. O vôo é só a noite e a C. foi buscar o visto dela pra voltar pra China. Enquanto espero, toda nervosa, coloco aí umas fotos de Sapa, no Vietnã, pra vcs olharem.

ng1

ng2

ng4

ng5

ng3

Anúncios

O ultimo destino e a longa volta

15/04/2009

Nossa, nem acredito que estou escrevendo isso. Hoje parto, de trem, para meu ultimo destino antes da minha tortuosa volta ao Brasil.
Saio de Hanoi e vou para Sapa, uma regiao montanhosa e bucolica bem no norte do Vietna. Fico dois dias la.

Depois, o trajeto (todo ja comprado!), e o seguinte: Hanoi – Bangkok – Hong Kong (mais2 dias com minha amiga C.!) – Johanesburgo – Sao Paulo. Haja paciencia.

Sao Paulo. La as pessoas falam minha lingua, comem minha comida, escrevem nas minhas letras, falam coisas que eu entendo, fazem gestos que eu faco, beijam e abracam e escutam musicas que eu conheco. Apesar de todos os transformacoes, adaptacoes, finalizacoes e recomecos que eu tenho pela frente e que tenho mesmo certeza de que nao serao nada faceis, nao vejo a hora de chegar em casa.

Os lugares invisiveis da cidade

15/04/2009

Nao importa onde seja, quando a gente chega numa cidade ou em um pais novo a cabeca sempre fica meio atordoada, os olhos nao sabem direito para onde olhar, as ruas ficam labirinticas e os lugares parecem que ficam invisiveis.

Chegamos aqui em Hanoi e eu fiquei especialmente atordoada pelo barulho, pelo tetris motobilistico, pelas buzinas, pela quantidade de novas informacoes e de novas letras. Ontem, achava que a cidade nao tinha mercado e nem restaurantes. Mas hj ficamos andando pelas ruas e os restaurantes e mercadinhos estavam todos la. Eles so tem uma cara diferente da que estamos acostumados, e por isso ontem ficaram invisiveis.

Essa sensacao lugares invisiveis irem aparecendo com o tempo e bastante comum e eu ja a senti em varias outras cidades. Em Luanda isso me aconteceu com muitas coisas, como vagas de estacionamento, lugares de comprar verdura, de trocar dinheiro, janelas que vendem bebidas, etc, etc, etc.

Tetris motobilistico

14/04/2009

transito

Um infografista-reporter-fotografo da Folha que visitou Luanda usou uma expressao mto engracada para descrever o transito da cidade: aquilo la parece um tetris automobilistico. Vou pegar a expressao emprestada e dizer que Hanoi parece um tetris motobilistico.

Todas as ruas sao estreitas e tomadas por motos andando na mao e na contramao, com gente velha e gente nova a bordo, motos com gente carregando baloes, galinhas, caixas ou passageiros em cima, motos buzinando de um jeito atordoante para outras motos ou carros ou biciletas darem passagem,  motos passando realmente muito perto de tudo e de todos, motos avancando no sinal verde ou no sinal vermelho, motos tentando estacionar ao lado de outras motos ou onde houver um espaco na calcada, motos tomando todos os espacos e sons possiveis dessa cidade tao incrivel que e Hanoi.

A parte boa e que vc pode fazer parte desse tetris motobilistico e se locomover rapidinho, loucamente e quase de graca na garupa de um motoqueiro-taxista.

Adoro free internet

14/04/2009

Cheguei hoje em Hanoi, no Vietna.

Estou num hotel que tem edredon branco, colchao de verdade, pia, descarga, cafe da manha e, o melhor de tudo: free internet!

Adoro free internet! E estou morrendo de saudade do meu lap top com minhas musicas, minhas fotos, minhas escritas e minha privacidade. Mas ja estou me dando por satisfeita de voltar a me reconectar com o mundo e voltar a blogar algumas coisas.

Queria contar um pouco sobre como na tailandia tem mais europeus do que na europa e como odiei isso, sobre protestos violentos com onibus queimados para derrubar o governo que ocorreram enquanto as pessoas felizes jogavam agua e barro umas nas outras para comemorar o ano novo, sobre o ano novo e como Bangkok parece com Sao Paulo e como Hanoi e incrivel e caotica e barulhenta mesmo para quem ja morou em Sao Paulo ou Luanda ou na China.

Tonsei ou tansei beach

10/04/2009

Meio sem querer fomos parar numa das praias mais incrveis que eu ja fui na vida. E olha que eu ja fui em mtas praias incriveis na vida. Depois de 12 horas num onibus com assentos tamanho miniatura, cortinhas todas vermelhas bordadas e um monte de europeus bem loirinhos dentro, descemos na rodoviaria de krabi sem ter a menor ideia de onde ir. Fiquei bisbilhotando a conversa alheia de europeus que compraram e leram todo o Lonely Planet, peguei um taxi para Aonan e depois um barco para Tonsei (ou Tansei, nao sei) beach.

La tem umas montanhas de pedras altissimas todas esculpidas pelas aguas infiltradas que ficam pingando a todo tempo, bandos de macaos barulhentos, cigarras e sapos que gritam tao alto que ate esconde o barulho do gerador, que so funciona das 18h as 3h. Nao tem nenhum carro na rua e tem um monte de bangalos bem simples pra dormir dentro e um monte de restaurante simpatico com comida tailandesa deliciosa e spicy.

Da para alugar um caiaque e remar por duas ou quatro horas para praias vizinhas e entrar dentro de cavernas com o caiaque. Da para pegar um barco e visitar umas ilhas com outras montanhas de pedras altissimas e com formatos estranhos e umas arvores enormes.

O mar e bem azul e perto das pedras e bem verde e a mare no meio da tarde comeca a descer muitos metros e ai a praia fica com uns dez metros de rochas aparentes, o que da um ar meio de fim de mundo.

E era a noite de lua cheia num dos dias entao a noite parecia dia e o mar brilhava muito e dava para andar sem lanterna.

Passamos dias otimos e relaxantes em Tonsei. Agora continuamos sem saber o que vamos fazer e qual pais vamos visitar. Mas acho que o Vietna sera cancelado por falta de tempo e ficaremos mais uns dias na Tailandia e depois iremos para o Laos. Ou talvez Camboja. Ou talvez ate voltemos atras em relacao ao Vietna. Ai, ai, continuo na versao Juliana 2009 planejamento zero.

A viagem esta otima. Mas meu coracao ta apertadinho de vontade de voltar pra casa e de medo de todos os fantasmas que me esperam por aquelas terras brasileiras.

Roteiro de viagem

24/03/2009

Eu acho que voltei a conseguir planejar minha vida para um horizonte maior do que 2 dias. Olhem só que orgulho!

Saio de Shenzen amanhã. Pego o trem até Guangzhou, que é uma cidade gigantesca de onde sai um outro trem que demora 26 horas pra chegar em Xi’an. Xi’an fica no noroeste da China, é uma das cidades mais antigas e culturalmente preservadas do país. Tem o exército de terracotas, templos, coisas histórias e uma montanha bem alta, uma das mais importantes da China. Essa parte eu faço com a C.

Depois ela vai embora porque arrumou um emprego (bem no dia que eu cheguei a mulher ligou, eita). E aí eu vou sozinha conhecer Pequim. Daí não sei mto bem quantos dias eu fico e nem se paro em outra cidade ainda.

No dia 6 ou 7 de abril eu pego um vôo de Hong Kong pra Bangkok, Tailândia. Lá vou encontrar minha irmã, eba! Daremos um giro pela Taildândia, Vietnã e Cambodja.

Ei, Candongueiro, me aguarde: quem sabe até o fim da viagem eu consigo organizar um google maps todo bonitinho?